O Bolsa-família foi criado originalmente por FHC e a Estabilização da Economia, que permite vida melhor e MELHOR RENDA aos brasileiros mais pobres
é OBRA DE ITAMAR E FHC!

- O que não se perdoa ao Presidente FHC é o seu Sucesso! -

Aos Blogueiros Decentes
Ainda que teus passos pareçam inúteis, vai abrindo caminhos,
como a água que desce cantando da montanha. Outros te seguirão...
(Saint-Exupéry)


25 de novembro de 2009

Na "boquinha da garrafa"...

Ultimamente tenho lido comentários de algumas mulheres que iniciaram suas carreiras como dançarinas ou atrizes, chocando, aliás, os menos "progressistas".
Os comentários são carregados de tristeza e lamentos e com a inútil tentativa de apagar e esquecer as infindáveis aparições na midia, que estabeleceram a base de sua fama com atitudes demasiadamente provocantes.
Mas, hoje... não se consegue, simplesmente, apagar o passado!
Talvez fosse possível no século XIX, onde a fama ficava mais restrita ao local onde era criada.

No século XX e XXI, a fama conseguida com a mídia em fotos e videos mostradas ao Planeta de forma massacrante e excessivamente provocante e com os responsáveis pelos meios de comunicação cada vez mais ousados (ou irresponsáveis!), fica impossível mudar a imagem com a qual se estrutura uma carreira e se consegue muita fama e alguma fortuna...

Algumas personalidades conseguem comprar os poucos filmes com os quais iniciaram suas carreiras e minimizar a preocupação com os filhos no futuro, especialmente sobre o impacto que pode causar a visão de um passado mais ousado dos entes queridos, em suas aparições públicas exageradamente liberais.

Recentemente, revendo fotos de 20 anos, me chamou a atenção uma delas em uma confraternização de empresa. Houve um "concurso de danças" para crianças e a música escolhida era a "boquinha da garrafa".
Ganhou o tal "concurso" uma menina de aproximadamente 8 anos, sob as vistas "orgulhosas" de seus pais...
Desejo e espero que essa menina tenha optado por outra carreira...
Ou poderá, um dia, lamentar da mesma forma esse "talento"!

Gostaria de ressaltar que não sou puritano e nem santo, mas não me agrada que "qualidades" desse tipo basifiquem o início da caminhada de quem quer que seja, principalmente de uma criança.

Para se arrepender mais tarde...

Nenhum comentário: